O mercado do e-commerce e dicas para quem quer abrir um negócio na rede
Post por: Aline Alcântara on 07/03/2017
Categoria: Ecommerce
Tags: empregos, internet, compras online
 

Em 2014 o e-commerce nacional ganhou mais de cinco milhões de novos consumidores. A estimativa é de que até o fim de 2015,  ele cresça mais 20% em relação ao ano passado, indo na contramão do pessimismo econômico do Brasil. Esse crescimento tem se dado por conta dos avanços da tecnologia, segurança e informação.

A comodidade e os preços bastante competitivos também são fatores que contam bastante. Cada vez mais os brasileiros vem perdendo o receio de comprar online e o mercado de varejo eletrônico brasileiro deve assumir a 4ª posição no ranking mundial em 2016.

O aumento do acesso a internet, tanto em casa quanto por dispositivos móveis e a melhora na qualidade da rede também contribuíram para o crescimento do mercado online. Vale lembrar que esse setor ainda tem muito espaço para se desenvolver.

Abaixo selecionamos algumas dicas para quem está pensando em criar um e- commerce:

Plataforma

Deve suportar diversas visitas ao mesmo tempo sem ficar lenta. A alta performance é imprescindível, para que assim se agregue uma experiência de compra positiva gerando compras recorrentes.

Marketing

Profissionais especializados ajudam você a investir nos canais certos, atraindo seu público alvo, que deve ser bem definido antes de começar até a desenvolver o site. Verifique de perto o retorno sobre seus investimentos (ROI) para parar o que não está funcionando e investir mais no que está. Muitas empresas com muito investimento se perdem justamente nessa área, pois é muito fácil gastar milhares de reais em canais que não dão retorno para seu público específico.

Certifique-se de optar por canais cujos resultados possam ser mensurados. De que adianta colocar mil outdoors na cidade divulgando sua marca se você não consegue medir quantos clientes e quanto lucro esse investimento trouxe? Um dos formatos mais interessantes para divulgação hoje em dia é o chamado marketing de performance, ou afiliados, que recebem por cliente trazido para o seu negócio ou por venda feita, ou seja, você só paga quando obtiver um resultado pré-estabelecido com o afiliado. Leia o nosso post sobre afiliação clicando aqui.

Logística

A operação deve ser ágil e controlada, evitando sempre o envio de produtos errados. A gestão de frete é outros aspecto importante, para que o lucro não seja colocado todo no custo da entrega.

Relacionamento

O atendimento ao cliente é algo de extrema importância, para que ele possa tirar suas dúvidas antes, durante e depois da compra. Atender bem o cliente virou uma necessidade, por isso, evite máquinas automáticas e protocolos gigantescos. Analise as principais dúvidas e problemas, mapeie e corrija-os para que outros clientes não venham a ter o mesmo transtorno. Pensar em uma ferramenta de CRM (Customer Relationship Management, um termo em inglês que pode ser traduzido como Gestão de Relacionamento com o Cliente) pode ser uma boa, para você ter todas as informações de contato e histórico de conversas com cada cliente e não incomodá-lo várias vezes com as mesmas coisas. O cliente precisa se sentir especial, não apenas um número na sua lista.

Investimento em Mobile

O número de consumidores que fazem suas compras via mobile (smartphones e tablets) já passa dos 10% no Brasil e não para de crescer. Por isso é importante investir em um site responsivo - que são as páginas que se adaptam a configuração mobile sem quebrar - ou aplicativos, dependendo da configuração do seu negócio. Lembre-se que muitos brasileiros nunca chegaram a comprar num desktop, e sim foram direto para o smartphone, então seus hábitos de navegação e necessidades são diferentes do consumidor de desktop.

Fidelização

A partir do momento que o cliente entra na sua loja deve-se trabalhar da melhor maneira possível para que ele fique feliz com a experiência de compra. É preciso pensar que o consumidor quer interagir com a marca e ver que ela se preocupa com as mesmas coisas que ele. Descontos e cupons especiais para novos (e antigos!) clientes são uma ótima forma de agradar.

São muitos os pontos a se considerar na hora de abrir um ecommerce, não caia de gaiato nas promessas de alguns sites de criar um ecommerce para você em 3 passos. Não é tão simples quanto parece, não existe fórmula mágica e a competição é grande. Porém, se feito com cuidado aos detalhes pode ser muito lucrativo!



FIQUE POR DENTRO
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! (sem spam, palavra de escoteiro)

Lojas mencionadas nesse post

Nenhum resultado encontrado.

Relacionados


Cashola Facebook

Popular

filmes para ver em casa
Os melhores filmes para assistir online pelo Youtube
comprar roupas online
Comprar roupas online: tirar medidas, tipos de corpo, e dicas para comprar sem erro
patins para iniciantes
Os melhores patins para iniciantes e iniciados