Quem usa a cachola recebe dinheiro para comprar online
Post por: Time Cashola on 18/06/2012
Categoria: Economizar
Tags: internet, compras online
economizar online
 

 

O Cashola foi criado no início de 2012 e a idéia é simples, porém eficaz: o site reverte créditos acumulados em compras online em dinheiro real que pode ser resgatado. Imagine fazer todas as suas compras num lugar só, sem precisar bater perna para comparar preços e ainda receber parte do valor pago de volta. É exatamente isso que o Cashola oferece. A cada compra realizada, o usuário recebe uma comissão que pode variar de 1 a 30% sobre o valor da transação, e esse valor vai para a sua “poupança Cashola”. Após acumular R$ 15 em créditos, o valor pode ser trocado por gift cards, transferido para a conta bancária ou do Paypal do usuário. Ou deixar acumular como poupança, porque o saldo nunca expira.

 

COMO PESQUISAR PARA PAGAR MAIS BARATO NA INTERNET

 

"A economia para o usuário pode ser enorme. A média de retorno é de 5%, agora imagine economizar 5% em tudo o que você gasta em um ano em eletrodomésticos, celular novo, computador, presentes, roupas, sapatos, perfumes, bebidas, livros, DVDs, viagens, cursos, jogos... são compras que todo mundo faz no dia a dia, e o consumidor médio pode economizar cerca de R$500 por ano com o nosso programa de recompensas", diz Deborah Taylor, umas das criadoras do site.

Essa é a nova forma de comprar e vender na internet que está surgindo em terras brasileiras, mas já existe há cerca de cinco anos na Europa e nos Estados Unidos e é um sucesso. Os programas de afiliados, em que quem tem um site pode oferecer espaço de publicidade para lojas e receber comissão quando alguém faz uma compra através de seu link, já vem acontecendo há algum tempo. O conceito de cashback surgiu como consequência dos programas de afiliados, e a recompensa agora atinge o consumidor final: portais de cashback reúnem essas lojas, recebem comissões por vendas, e dividem a comissão com o comprador.

O Brasil é um mercado enorme, com 190 milhões de habitantes dos quais 78 milhões têm acesso a internet (a partir dos 16 anos - dados do Ibope/Nielsen). Desses, 23 milhões são consumidores online. Em 2011 o comércio eletrônico gerou R$ 18,7 bilhões (dados do E-bit), atingindo 1/3 de todas as vendas de varejo feitas no Brasil. Isso significa mais variedade de produtos, maior competição, e, portanto, menores preços para o consumidor online. Em 2012 o comércio eletrônico brasileiro deverá viver mais um ano de crescimento dentro da taxa histórica de 30% ao ano, e dessa vez o consumidor também receberá uma fatia dos lucros, em forma de cashback.

 



FIQUE POR DENTRO
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! (sem spam, palavra de escoteiro)

Lojas mencionadas nesse post

Nenhum resultado encontrado.

Relacionados


Cashola Facebook

Popular

comprar roupas online
Comprar roupas online: tirar medidas, tipos de corpo, e dicas para comprar sem erro
restaurantes de vários países no centro de São Paulo
7 restaurantes internacionais no centro de São Paulo que você TEM que conhecer
produtos esquisitos vendidos na internet
25 produtos malucos e bizarros à venda no Mercado Livre