Curriculum Vitae?
Post por: Deborah Taylor on 04/07/2013
Categoria: Educação
Tags: empregos
dicas currículos seleção emprego
 

A principal reclamação das grandes empresas brasileiras na hora de encontrar uma pessoa para uma vaga é o currículo vitae dos candidatos. Diante dessa realidade, o que você, leitor do blog do Cashola, pode fazer para que seu currículo seja efetivamente lido e escolhido pelas empresas?

Aprenda agora os principais segredos para sair na frente em uma seleção de currículos! Aproveite também para ver as dicas do Cashola de como usar a internet a seu favor na hora de procurar emprego, clicando aqui.

Faça diferente dos ‘modelões’

Há centenas de modelos de currículo de fácil visualização na internet. Geradores online e muitos modelos em blocos vendidos em livrarias. Porém, nunca faça a mesma coisa que a maioria das pessoas fazem, pois assim você se perde na multidão. Utilize as principais idéias de modelos bons e esteticamente bonitos da internet e crie seu próprio currículo. 

A fonte pode ser diferente, mas não exagere!

Quando dizemos para você escolher uma fonte diferente, seria para sair da famosa ‘Times’ e escolher outra agradável de se ler, como Arial, Trebuchet, Calibri... Não utilize letras rebuscadas, desenhadas ou muito carregadas.

Qual o tamanho da fonte? 

Um selecionador lê em média 200 currículos por dia. Imaginou como ele lê? Agora pense, se ele for uma pessoa mais velha e usar óculos? Portanto, o ideal é que seu currículo tenha fontes acima de 11 ou 12 pontos, a não ser que seja uma fonte muito grande. Imprima seu currículo em diversos tamanhos. Caso ele tenha preenchido meia folha, faça-o preencher quase a folha toda e se ele tiver uma folha e meia, vá aumentando a fonte para deixá-lo agradável, quase preenchendo as 2 folhas.

Posso usar letras coloridas? 

Não! Principalmente se o seu curriculum vitae for enviado por e-mail, certamente ao se imprimir, as informações em cores não sairão em impressoras P&B, e suas informações desaparecerão! O máximo que você pode fazer, se não quiser deixar a fonte totalmente em preto, é reduzir um pouco a tonalidade, desde que a impressão ainda seja de que a cor é preto e não cinza!

Curriculum Vitae é um documento

Você já viu documento com desenhos, bordados, enfeites? Então nada de florear ou enfeitar seu currículo. Apenas letras e só adicione a foto se a vaga exigir (e mesmo assim, no tamanho 3×4 e bem comportada, não tente ser engraçadinho). Imprima sempre imprimir no tamanho padrão A4 e no formato retrato (vertical), nunca no formato ‘paisagem’. 

Use papel branco

Nunca imprima seu currículo naqueles papéis especiais vendidos em livraria, com texturas ou relevos bonitos, de uma cor diferente, etc. Seja limpo em sua apresentação. Imprima-a em papel branco A4 de 90 g/m2. O que importa é realmente o conteúdo que será colocado na escrita. Se for encaminhar o currículo e a carta de apresentação, utilize envelopes simples, porém também sem detalhes. 

Apresentação

Em se tratando de um CV lembre-se de que você estará escrevendo ali sua própria vida. Esse documento vai ser um reflexo do que você é! Alguns currículos vêm com um parágrafo de apresentação, porém o ideal é que você faça isso em uma carta de apresentação, dizendo quem você é, por que está interessado naquela vaga/empresa, por que acredita que você é o candidato ideal. Leia e releia o que escreveu, até em voz alta, e tente pensar em você em terceira pessoa: que tipo de imagem essa pessoa da carta de apresenação passa? 

Dados pessoais

Resuma-se em preencher seu nome, endereço com o número do CEP, telefone e e-mail. É o ideal. Só inclua idade e estado civil se solicitarem. Não escreva o número de seus documentos! Um currículo selecionado acaba levando para uma entrevista pessoal e se você obtiver aprovação, certamente apresentará os documentos para a contratação. 

Objetivo

Logo no início deixe claro para qual cargo você está se candidatando e a área de interesse. Se é logo no início, o ideal é que seja falado isso na carta de apresentação e não na folha do seu currículo!

Formação

Um ponto importante, onde você se formou? Descreva os cursos que você fez, superior, pós, especializações, com respectivos períodos de início e término de cada curso, bem como o nome da instituição. Cursos relâmpagos não impressionam, então, só os mencione se você tiver certeza de que um ou outro lhe trouxe algum conhecimento profissional ou pessoal útil (para você e para a empresa, é claro).

Experiência profissional

Seja breve e relate em algumas linhas sua evolução profissional. Comece pela experiência mais recente e cite as demais experiências relevantes (resultados) do seu passado. O mais importante é o que você vivenciou nos últimos 6 ou até 10 anos, mas seja conciso! Se as empresas nas quais você trabalhou são grandes, porém desconhecidas, cite o perfil dela, o que ela faz, faturamento ou o número de empregados que ela possuía (assim o selecionador terá uma noção melhor). Descreva apenas sobre o setor onde você trabalhava, suas metas e realizações. Não deixe dúvidas, escreva claramente e não floreie.

Evidencie suas conquistas

Mostre os resultados positivos que você trouxe para as empresas para as quais trabalhou. Resultados podem ser: melhoria de processos, implantação de sistema que gerou melhoria no desempenho, redução de custos e aumento de faturamento. Utilize verbos como “criei”, “implantei”, “realizei”. Isso mostra o valor que você agregou para outras companhias e que poderá agregar à empresa contratante. 

Caso não tenha experiência, destaque suas habilidades

Caso queira trabalhar em alguma área em que tenha pouca experiência, evidencie as suas habilidades (relevantes para aquela área) e mostre que tem condições de executar um bom trabalho. Para enfatizar essas habilidades e conhecimentos vale alterar a ordem dos itens do currículo trazendo “para cima” os itens mais importantes. Neste caso, vale colocar os cursos extracurriculares que agreguem valor ao cargo pretendido antes do item “experiência profissional”. As demais informações do currículo podem ser escolhidas de forma a enfatizar as competências necessárias para a vaga pretendida. Ao trazer “para cima” as informações mais importantes para o cargo, o candidato faz com que elas cheguem mais rapidamente aos olhos do selecionador, aumentando as chances de despertar o interesse do mesmo.

Idiomas

Nesse ponto seja efetivamente realista. Se o seu inglês é ruim, coloque ‘noções básicas’. Se você tiver fluência em alguma língua, coloque ‘fluente em..’, mas se a sua fluência não for real, escreva ‘conhecimentos avançados’, não arrisque!

Pretensão Salarial

Não entre nesse ponto, pois é uma maneira negativa de se apresentar à empresa. Nunca toque no assunto de salário em um currículo, ao menos que isso seja uma exigência.

Carta de Apresentação

Ela não é obrigatória, mas tem feito muita diferença para quem a utiliza. Isso porque nela você não precisa ser tão formal e poderá dizer de maneira livre algumas informações úteis e estimulantes ligadas ao cargo no qual você pretende se candidatar, além de mostrar um pouco da sua personalidade através da escrita. Mas seja objetivo, não introduza informações irrelevantes ao cargo mesmo que as ache interessantes. 

Informações

Se o seu currículo não for ultrapassar 2 folhas, com uma fonte boa e um tamanho razoável, é muito bom você descrever alguns cursos que lhe trouxeram uma melhor formação pessoal. Isso, sem dúvida, depende do cargo, porém hoje muitas empresas estão pensando mais em ‘quem’ vai ser contratado do que em ‘qual profissional’ contratar.

Saiba o que você quer

Evite disparar seu currículo para todos os lados. Tenha um plano particular de carreira. Saiba para onde está indo. Dispare o currículo de forma certeira. Pesquise o mercado, a área em que atua, pesquise as empresas e suas necessidades, afunile as oportunidades de modo a enviar o currículo de forma mais personalizada e certeira. Se você estiver disparando seu CV para todas as vagas de emprego possíveis, ele não será voltado o suficiente para nenhum deles, e quem ler o seu CV vai perceber isso imediatamente.

Envio por e-mail

Tenha uma versão do seu currículo em PDF, para envio eletrônico, principalmente porque muitas empresas hoje em dia fazem seleção online. Sempre envie o currículo anexado ao email (nunca digite-o no corpo do e-mail) e utilize o corpo do e-mail como se fosse sua carta de apresentação. Lembre-se que seu currículo poderá ser impresso, então uma dica é ter em PDF também uma carta de apresentação específica para cada vaga. 

Revisões do Currículo

Finalizou seu documento? Então é hora de reler com calma e atenção tudo o que foi inserido nele. Mostre para alguns amigos e peça sugestões. Nunca deixe erros de digitação ou de português. Depois, o ideal é que a cada seis meses você reveja o formato do seu currículo, atualize as informações e veja o que pode ser mudado em sua apresentação. Não é necessário fazer isso o tempo todo, até porque pode ser que você fique um tempão no seu novo emprego. Mas é sempre bom atualizar o seu CV de tempos em tempos, até para você acessar a sua própria experiência e requerimentos para sua carreira no futuro.

Boa sorte!  



FIQUE POR DENTRO
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! (sem spam, palavra de escoteiro)

Lojas mencionadas nesse post

Nenhum resultado encontrado.

Relacionados


Cashola Facebook

Popular

filmes para ver em casa
Os melhores filmes para assistir online pelo Youtube
comprar roupas online
Comprar roupas online: tirar medidas, tipos de corpo, e dicas para comprar sem erro
patins para iniciantes
Os melhores patins para iniciantes e iniciados