A origem do Carnaval no Brasil e no mundo
Post por: Deborah Taylor on 24/01/2014
Categoria: Entretenimento
Tags: vinhos, dança, festa, fantasias
origem do carnaval
 

Nós brasileiros já estamos bem acostumados com a palavra CARNAVAL, mas a minoria sabe qual a origem do mesmo.

A festa de Carnaval, acreditem se quiser, foi originada em meados dos anos 600 a 520 a.C na Grécia. Ela surgiu como um agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e só passou a ser uma comemoração da Igreja Católica em 590 d.C.

Foi então que a Igreja Católica implantou a semana santa antecedida pela quaresma (jejum de 40 dias de abstinência de carne, mortificações, caridade e orações). Esse longo tempo de privações acabou incentivando diversas festividades nos dias antes da quarta-feira de cinzas (o primeiro dia da quaresma).

Desse modo, segundo alguns pesquisadores, a palavra Carnaval está diretamente relacionada com os deleites dos prazeres da carne. No latim a expressão “Carne Vale” significa “adeus a carne”.

O Carnaval era marcado por grandes festas, onde se bebia, comia e todos participavam de celebrações em busca de prazer incessante. Isso porque, essas velhas festividades pagãs foram incorporadas pela Igreja Católica, marcando os últimos dias de "liberdade" antes das restrições impostas pela Quaresma.

As atividades e negócios eram suspensos neste período, até mesmo os escravos ganhavam liberdade temporária para fazer o que quisessem. 

“Carrum navalis” era o carro alegórico da época, ele tinha esse nome pois seu formato era parecido com um navio. Outra teoria sobre a origem da palavra carnaval vem da expressão latina, “Carnem Levare” que significa retirar ou ficar livre da carne.

O Carnaval é uma herança de várias comemorações realizadas na antiguidade por diferentes povos, como os gregos, os egípcios, os hebreus e romanos. E claro que diferentemente das celebrações de hoje, eles festejavam para celebrar grandes colheitas e principalmente louvar divindades. Uma das mais importantes festas ancestrais do carnaval eram as saturnais, realizadas na Roma antiga em homenagem a Saturno, Deus da agricultura.

A variação da data do carnaval se deve à ligação com a Páscoa. No hemisfério sul, por exemplo, sempre acontece no primeiro domingo após a primeira lua cheia do outono. Diferentes formas de comemoração foram adquiridas nos países católicos e aqui no Brasil essa festa cresce cada vez mais.

CARNAVAL NO BRASIL

O carnaval foi trazido pelos portugueses para o Brasil no século XVII e era chamado de entrudo. O entrudo popular consistia de várias brincadeiras (jogar líquidos e substancias em pó uns nos outros era uma delas) e folguedos e fazia sucesso principalmente entre os escravos e a classe baixa da época. Com o tempo a comemoração começou a variar de região para região e também pelas classes sociais.

Quando a corte se mudou para o Rio de Janeiro começaram os esforços para tentar ‘’civilizar’’ a festa, importando os bailes e passeios de máscaras parisienses. Nesse período o entrudo popular foi colocado sob forte controle policial e em 1830 foram estabelecidas várias proibições na tentativa de acabar com a festa popular.

Com a incorporação da cultura carnavalesca europeia, vieram personagens como: Rei momo, pierrô, colombina, etc. E foi nessa mesma época que surgiram os primeiro blocos carnavalescos, cordões e cortejos, mas eles só vieram a se popularizar no começo do séculos XX (acompanhados das marchinhas de carnaval, que deixavam a festa mais animada).

Chiquinha Gonzaga compôs a primeira música especificamente para o Carnaval, "Ô Abre Alas!" em1899. A música foi composta para o cordão Rosas de Ouro que desfilava pelas ruas do Rio de Janeiro durante os dias de festa. O primeiro cordão carnavalesco paulistano foi criado por Dionísio Barbosa em 1914 e chamava-se Cordão da Barra Funda (posteriormente Camisa Verde e Branco).

A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro em 1928 e era chamada de ‘’Deixa Falar’’, anos depois mudou o nome para Estácio de Sá. A partir daí várias outras escolas começaram a surgir no Rio de Janeiro e em São Paulo e passaram a ser organizadas em Ligas de Escola de Samba, dando inicio as competições para saber qual era a mais bela e animada.

A região nordeste permanece até hoje com as tradições de carnaval de rua, sendo que em Salvador foi incorporado os trios elétricos que são embalados por cantores(as) famosos(as) que apresentam suas músicas dançantes (principalmente o axé).

E você já sabe o que vai fazer no carnaval?  Clique aqui e veja algumas opções para cair na folia fora do Brasil, e aqui para curtir em terras tupiniquins. 

 

 

 

 

 

 



FIQUE POR DENTRO
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! (sem spam, palavra de escoteiro)

Lojas mencionadas nesse post

Nenhum resultado encontrado.

Relacionados


Cashola Facebook

Popular

filmes para ver em casa
Os melhores filmes para assistir online pelo Youtube
comprar roupas online
Comprar roupas online: tirar medidas, tipos de corpo, e dicas para comprar sem erro
patins para iniciantes
Os melhores patins para iniciantes e iniciados