20 coisas que você PRECISA saber antes de comprar Whey Protein
Post por: on 30/01/2017
Categoria: Esportes
Tags: compras online
whey protein
 

O Whey Protein vem conquistando cada vez mais consumidores, seja para ganhar massa muscular, para manter a boa forma e até mesmo para emagrecer. Diversas  pessoas vem buscando conquistar o corpo ideal  e/ou uma melhor qualidade de vida.

Ao longo dos anos, o produto tem passado por uma série de fases: se antes era usado somente por fisiculturistas, agora também é consumido por praticantes ocasionais de atividades físicas de todos os níveis.

O que acontece é que escolher o whey protein certo para cada caso ainda é um tarefa um pouco complicada, principalmente por ser difícil reunir todas as informações quanto ao tipo certo, as diferenças entre eles e até mesmo em como é produzido e como age a proteína de soro de leite no corpo.

O Cashola vem hoje reunir todas essas informações nesse artigo para que você consiga fazer uma compra inteligente, encontrando o produto certo de acordo com a forma como você pretende usá-lo. E para nos ajudar nessa missão, fizemos algumas perguntas para a nutricionista Dra. Déborah Pintian Mota, que trabalha com nutrição esportiva e é pós graduada em nutrição clínica (os contatos dela estão no final do post). Ela esclareceu alguns mitos que lemos por aí na nossa pesquisa!

O  primeiro passo antes de nos aprofundarmos mais sobre o assunto é saber exatamente o que é o Whey Protein... Vamos lá!

O WHEY PROTEIN

1 - O que é Whey Protein?

O produto surge durante a produção de queijo, em que a parte líquida do leite é separada e essa mistura de proteínas é isolada do soro de leite. Depois de mais uma série de etapas de processamento, se torna o  whey protein.

Esse subproduto se dá através da coagulação da caseína, obtido pela adição de meios ácidos ou enzimas. O leite  contém dois tipos principais de proteína, 80% de caseína e 20% de soro de leite. Possui um alto valor nutricional conferido pela elevada concentração de aminoácidos essenciais presentes.  O soro do leite extraído, e sofre diversos processos até virar um produto em pó.

Por muito tempo esse subproduto foi descartado pelos fabricantes como residual. De um tempo pra cá, com a descoberta de seus benefícios e do valor comercial, esse pó é adicionado a shakes e barras de proteínas. O gosto do Whey por si só não é muito bom, por isso são adicionados aromatizantes com sabores de chocolate, baunilha e morango.

Veja abaixo o infográfico que fizemos sobre o Whey Protein para você entender melhor de onde ele vem e o que faz:

informações sobre o whey protein

2- Como funciona o Whey?

Fisiculturistas, esportistas, pessoas que precisam perder peso ou que possuem falta de proteínas no corpo, acabam adicionando de 25 a 60 gramas de proteína em sua dieta diária quando consomem whey protein.

Chamada de ''proteína completa'' o suplemento é rápido e fácil de digerir. O corpo utiliza os aminoácidos contidos no produto  para reparar os ossos, músculos, órgãos e praticamente todas as partes dos tecidos do corpo humano. Pessoas com intolerância a lactose devem tomar cuidado com esse produto, e há também aqueles que possuem alergia ao soro.

Os tipos de whey protein aconselháveis para quem tem intolerância a lactose são os Isolados e hidrolisados. Esses tipos, não contém nada (ou quase nada) de lactose na composição. Eles também não possuem carboidratos e são isentos de gordura, o que é uma ótima alternativa para quem quer usar o produto para emagrecer.

É importante frisar que o recomendado para quem tem alergia é consultar um médico antes de adquirir o suplemento, isso evita desencadear uma hipersensibilidade imunológica.

3 - Quais são os tipos de Whey Protein?

A principal diferença entre os tipos de Whey é a forma como eles são processados. Existem três vertentes do produto Whey Concentrado, Whey Isolado e o Whey Hidrolisado. Veja abaixo as principais características de cada produto:

marcas de whey concentrado

O Whey Concentrado possui a proteína intacta, contém lactose, carboidrato e gordura. Deve ser ingerido normalmente, de acordo com o processo normal de digestão, por isso, possui absorção mais lenta. Essa versão além de ser a mais barata das três em relação ao preço, também mantém a maioria dos nutrientes encontrados naturalmente no soro de leite. O sabor também é mais agradável, segundo muitos consumidores. O Whey Concentrado deve ser evitado por pessoas que possuem intolerância ou alergia à proteína do leite.

marcas de whey isolado

O Whey Isolado possui 90% ou mais de proteína, contém pouco ou nada de lactose e pode ter menos nutrientes benéficos do que os encontrados na versão concentrada. Existem vários métodos de filtragem que ajudam a manter muitas das qualidades do concentrado, porém, isso geralmente  faz com que o produto custe mais. Durante a filtragem, pode haver quebra das estruturas das proteínas, tornando a absorção mais rápida. Dessa forma, possui oferta imediata de aminoácidos para os músculos após os treinos. Essa é  a melhor escolha para quem possui intolerância a lactose (fique atento e pesquise a marca que pretende comprar para saber se não tem traços de lactose) ou possui restrições a carboidrato.

Formas de filtração do Whey Isolado:

Isolado Íon Exchance: essa é a filtragem mais comum e possui baixo custo, é feita com reagentes  que ajustam o pH por meio de um processo químico que separa as proteínas. A parte ruim desse processo é que pode haver grande quebra (destruição) das proteínas, aumento no teor de sódio no produto final e diminuição do valor biológico.

Isolado Micro filtrado: esse é o  processo mais moderno, a filtragem é realizada em baixas temperaturas de maneira mecânica, o que não prejudica a estrutura das proteínas. também possui baixo teor de sódio. O processo de micro-filtração de fluxo cruzado utiliza membranas de filtração que servem para reter os compostos como a lactose, a gordura, os minerais, as vitaminas e claro, as bactérias. O processo utiliza Microfiltração ou Ultrafiltração em baixa pressão para filtrar as partículas maiores. A Nanofiltração leva a um produto final ainda mais puro, e claro, mais caro.

marcas de whey hidrolisado

O Whey Hidrolisado é  pré-digerido para que ele seja absorvido mais rapidamente. A hidrólise pode ser feito a partir do Whey Concentrado ou do Isolado. Mas a pergunta é: qual a diferença do Whey Hidrolisado? Esse produto passa por um processo de hidrólise enzimática, como a nossa digestão, que quebra a proteína em partículas menores na presença de água. Isso faz como que absorção do whey protein hidrolisado seja muito mais rápida. É importante frisar que todos os tipos de whey possuem absorção rápida, porém, no hidrolisado ela é ainda mais rápida. Quando o carboidrato e a gordura são retirados, a digestão da proteína se torna mais acelerada, o que acontece também com o whey isolado. Porém, ao quebrar a proteína em partículas menores, sendo ela isolada ou não, a sua absorção é facilitada, tornando-se ainda mais rápida.

O Whey Isolado e Hidrolisado é indicado para o pós treino e com ele as chances de alergias ou hipersensibilidades relacionadas com a proteína do leite são praticamente nulas. O whey protein isolado e hidrolisado é um dos melhores suplementos, já que além de não conter proteínas e gorduras, possui as proteínas já quebradas, mas é também o mais caro.

4 - Quais são os benefícios do Whey Protein?

Como é uma proteína completa, o whey protein também pode ser muito útil para quem possui uma vida corrida e acaba não ingerindo a quantidade essencial de proteínas. Whey é mais do que apenas fonte de proteína de alta qualidade, ele também contém outros nutrientes benéficos. Confira abaixo alguns benefícios:

- Aumenta os níveis de glutationa, que é a principal base de água antioxidante do corpo

- Auxilia na perda de peso

- Auxilia no aumento de massa muscular

- Auxilia no tratamento do câncer

- Ajuda na diminuição dos sintomas de HIV e da hepatite

- Aumenta  a função do sistema imunitário

- Diminui os sintomas de excesso de treinamento

- Reduz os sintomas de estresse e depressão

A maioria dos benefícios acima deve-se ao aumento da produção de glutationa, que é a principal substância antioxidante e desintoxicante encontrada em todas as células do corpo humano, em especial nas células do fígado. É ela quem protege as células contra radicais livres e fortalece o sistema imunológico.

A partir dos vinte anos, os níveis de glutationa no corpo começam a diminuir. A glutationa surge no corpo a partir de três aminoácidos principais: cisteína, ácido glutâmico e glicina. Em tese, a sobrecarga de cisteína, que é encontrada  em quantidade relativamente elevada no soro do leite, ajuda a aumentar a produção de glutationa.

A deficiência de glutationa no corpo leva a uma vulnerabilidade que pode gerar falta de equilíbrio e coordenação, tremores, distúrbios mentais e doenças associadas ao sistema nervoso. É essa substancia que comprovadamente protege contra doenças cardíacas e cerebrais, câncer e até retarda o envelhecimento.

Todos nós naturalmente produzimos essa proteína em nosso corpo, porém vários fatores ambientais podem diminui-la em nosso sangue, como por exemplo a poluição ou toxinas no ar, uso de drogas, infecções bacterianas ou virais, radiação e, como dissemos acima, o envelhecimento.

A proteína do soro também é elevada em aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA), que são aminoácidos essenciais para a preservação e reparação muscular. Os BCAA's constituem até 35% da massa muscular corporal e são indispensáveis para a manutenção e o crescimento dos músculos. Para quem quer emagrecer, os BCAA's presentes no Whey também são importantes, pois ajudam no processo de perda de peso e gordura, preservando o músculo.

5 - Qual a importância do whey protein para quem faz atividades físicas? No que ela ajuda?

“De uma forma geral as proteínas são utilizadas no reparo e na construção do tecido muscular. Ao fazer atividade física, como musculação, há pequenas rupturas nas fibras musculares e o organismo necessita de proteína para reparar essas lesões. Em um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition homens treinados fizeram musculação e logo após ingeriram 0, 10, 20 ou 40g de whey.

De acordo com os resultados, a síntese proteica foi estimulada ao máximo com 20g. Todavia, o consumo aumentado de proteína (40g) não trouxe nem um benefício adicional, visto que após as demandas metabólicas serem atendidas, este excesso proteico levou a um aumento na produção de ureia. Também foi observado que as altas doses foram acompanhadas de elevações na secreção de insulina, o que pode estar associada ao aumento na síntese de gordura”  Explica a nutricionista Dra. Déborah.

6 - O whey protein aumenta a massa magra?

''O whey é rico em aminoácidos essenciais, que não são produzidos pelo nosso corpo, é fonte de proteína de alto valor biológico e é fácil de ser digerido e absorvido pelo organismo, desta maneira ele auxilia na recuperação do tecido muscular e facilita o seu desenvolvimento (hipertrofia muscular) e evita o catabolismo muscular.

Porém somente o seu consumo isolado, sem atividade física regular e sem uma dieta balanceada, não trará o resultado de hipertrofia muscular esperado. Para hipertrofia, é consenso doses entre 0,85 a 1,2 gramas de proteína por quilo de peso por dia. Estudos também evidenciam que o consumo de 0,25 gramas de proteína por quilo de peso (dá em média 20 gramas de proteína) até 1 hora após o exercício, aumenta a resposta anabólica.

Deve-se ter em mente que o suplemento está para suprir uma carência da dieta, mas se tive uma dieta balanceada, não há a necessidade da inserção de whey, mesmo realizando treinos para hipertrofia'' Enfatiza a Dra. Déborah.

CARBOIDRATOS NO WHEY PROTEIN

7 - Quais são os efeitos dos carboidratos presentes no whey? O que isso pode trazer para saúde à longo prazo?

''Esses carboidratos comumente utilizados são poucos nutritivos e trazem calorias vazias, acompanhadas de reação metabólicas desfavoráveis para a saúde e para quem deseja controlar o percentual de gordura, devido ao seu alto índice glicêmico.

Quanto maior o índice glicêmico, mais rápido se eleva a glicemia, levando mais insulina a ser liberada. A insulina liberada em excesso favorece o acúmulo de gordura, principalmente a gordura abdominal. A gordura abdominal é considerada um fator de alto risco para diversas morbidades'' alerta a Dra. Déborah.

COMO, QUANDO E QUANTO TOMAR DE WHEY PROTEIN

8 - Qual é a melhor forma de consumir o whey?

"O whey protein é um suplemento proteico em pó e pode ser usado como um complemento para atingir a necessidade de proteína diária (se houver necessidade) em qualquer horário do dia", diz a nutricionista Dra. Déborah.

O Whey protein é rapidamente digerido, e a proteína do soro age com grande efeito no período de 30 a 60 minutos depois do treino. A combinação da gordura ajuda a desacelerar a digestão da proteína, permitindo assim que os níveis de insulina fiquem equilibrados,  e ao mesmo tempo, estimula o CCK, que é um hormônio que ajuda a dizer ao seu corpo que você está cheio. O Whey também pode ser tomado antes da atividade física, nesse caso ele ajuda você a obter força e explosão muscular.

Para quem tem baixo percentual de gordura, e pretende ganhar massa muscular uma boa ideia é combinar o Whey misturando-o no leite. Caso você tenha como objetivo a redução do percentual de gordura, a melhor opção é o leite desnatado ou shake com água. Nesse segundo caso, o whey é absorvido mais rápido e uma fonte de carboidrato, ou seja energia, também deve ser adicionada. Essa fonte pode ser frutas, mel, granola, cereais, e daí por diante.

Ao invés de consumir um sanduíche de pão integral no lanche da tarde, experimente substituí-lo por um shake com banana, whey, e água ou leite desnatado. Ou então substitua parte do café da manhã pelo shake de whey. O whey pode ser uma maneira prática e com menos calorias de acrescentar mais proteínas à sua dieta. Além de fazer vitaminas, bolos, panquecas, muffins e tapiocas light com whey, experimente misturar o suplemento com um pouco de iogurte desnatado quando surgir aquela vontade de comer algo doce no meio da manhã ou da tarde.

9 - Qual a quantidade ideal para o consumo diário de proteínas em geral e do Whey especificamente?

''Para adultos saudáveis a recomendação de proteína é de 0,8g por kg/peso/dia. Devemos lembrar que o Whey é um suplemento, a sua função é suplementar nossa alimentação. Desta forma mesmo consumindo suplementos de proteína, a somatório das proteínas consumida ao longo do dia não deve ultrapassar os 0,8g de proteína/kg peso/ao dia.

Devemos entender que o corpo possui um limite para sintetizar proteínas. Se você der mais que o necessário seu corpo excretará, gerando uma sobrecarga renal. "Essas proteínas em excesso poderão também ir para a rota dos carboidratos ou das gorduras, deste modo ao consumir uma demanda maior você estará desperdiçando dinheiro, provavelmente ganhando peso e correndo riscos de desenvolver uma nefropatia'' diz Dra. Déborah.

FINALIDADES DO WHEY PROTEIN

10 - Qual o melhor whey de acordo com cada objetivo?

Para você comprar o whey protein certo é necessário pensar qual o seu objetivo, como você pretende que ele haja no seu corpo. Cada tipo possui uma função e acaba sendo a melhor opção de acordo também com seu nível de atividades físicas diárias.

Segundo a nutricionista esportiva Déborah Pintian Mota, ''Primeiramente é necessário entender quais são os tipos de Whey Protein disponíveis no mercado e o que cada um proporciona (item 5 lá em cima!), pois cada um oferece um benefício diferente, de acordo com a necessidade. Além de conhecer a função, temos que avaliar os rótulos dos produtos, pois eles podem vir com mais de uma fonte de proteína, que não seja a do soro do leite, ou com grandes quantidades de carboidratos, o que irá afetar diretamente o resultado dos seus treinos.

A Whey Protein é uma proteína proveniente do soro do leite, tem alto valor biológico e é fonte dos aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA). O whey concentrado possui a proteína integra e contêm carboidratos e gorduras do leite. Algumas pessoas podem ter dificuldade em digerir por conter a proteína íntegra e pelo alto teor de lactose em sua composição. Já a isolada contém cerda de 90% de proteína na sua composição, possui todas as vitaminas e minerais do leite. A maioria é isenta de gordura e possuem somente 1% de lactose. Tem boa digestão e é a mais indicada para os intolerantes à lactose.

A Hidrolisada passou por um processo para quebrar as cadeias das proteínas, disponibilizando uma proteína já digerida, tornando uma absorção mais fácil e rápida. É um tipo de proteína com menores possibilidades de causar reações alérgicas'' . Ainda segundo a nutricionista, ''É necessário lembrar que antes de comprar e/ou consumir é necessário um acompanhamento nutricional, para uma avaliação se há realmente a orientação para a utilização e se sim qual o melhor tipo de whey para o objetivo desejado”.

11 - O Whey pode ser consumido por quem não faz atividades físicas?

''Sim, pode ser utilizado como um complemento da alimentação, porém deve lembrar que o consumo de proteína diário não deve exceder a recomendação de 0,8g de proteína'' Diz a nutricionista Dra. Déborah.

WHEY PROTEIN PARA EMAGRECER

12 - Qual whey ajuda no processo de emagrecimento?

''O whey não é um pó milagroso, que somente com o seu consumo, te fará perde peso. A melhor maneira e mais eficiente de conquistar o corpo desejado é com um cardápio planejado para a finalidade desejada associado com a prática de atividade física regular.

Porém, estudos mostram que uma dieta com mais proteína potencializa a perda de gordura e a preservação e o aumento da massa muscular. As doses ficam entre 1,6 e 2,7 gramas de proteína por quilo de peso. Estes valores são facilmente atingidos pela alimentação, mas em um planejamento alimentar que o paciente tenha dificuldades para se alimentar, o whey pode ser usado como estratégia, devido a sua praticidade de preparação e consumo, para atingir a meta proteica estabelecida.

Uma das explicações é que a proteína tem uma taxa de termogênese induzida pelo alimento de 30% enquanto carboidratos e gorduras ficam em torno de 2-8%, ou seja, nosso corpo gasta mais energia para digerir, absorver e utilizar a proteína.

Quanto ao tipo de whey melhor para quem deseja emagrecer, dependerá do planejamento do cardápio. Mas em geral o whey isolado atende bem, pois não possui gordura e tem baixo teor de carboidrato'', diz a Dra.

Ainda segundo a nutricionista ''As proteínas promovem uma melhora na saciedade. Uma refeição com mais proteínas mantém o alimento por mais tempo no estômago, reduzindo assim a velocidade de absorção do carboidrato, consequentemente reduzindo a resposta glicêmica e ainda favorecendo o emagrecimento''.

Como já dissemos, esse suplemento conta com aminoácidos da cadeia ramificada (BCAAs) que favorecem na redução de gordura corporal por aumentar o processo metabólico do corpo. A Leucina é o aminoácido mais abundante dessa cadeia que está presente no whey. Ela é essencial em um processo que queima muitas calorias, a síntese da proteína. Quando os músculos já estão fadigando, ela é a única que consegue ser metabolizada pelo nosso corpo para a produção de mais energia.

Uma dica é usar o complemento adicionando-o a sobremesa, assim você evita o consumo de doces com grandes calóricas. Existem diversas receitas que podem ser encontradas na internet, como pudim, mousses, tortas, vitaminas, sorvetes e até brigadeiros utilizando o whey protein.

13 - Mas e aí, o Whey pode me fazer engordar?

''Um grama de proteína tem a mesma quantidade calórica que um grama de carboidrato (quatro calorias). Desta forma, se houver exagero no consumo de whey, pode engordar tanto quanto extrapolar nos carboidratos'', segundo a nutricionista Dra. Déborah.

Como explicamos acima (item 11), o whey é sim usado para emagrecer, mas também existe um outro lado da história, principalmente se você não associar o uso do suplemento com atividades físicas.

Podemos considerar que o whey é uma pequena refeição, principalmente se misturado com leite e frutas, são em torno de 300 calorias ingeridas. Só a porção do produto contém em torno de 120 calorias (para mais ou para menos, dependendo da marca, veja na tabela de comparação).

Por isso, é muito importante somar essas calorias no consumo diário, o suplemento deve ser parte de uma refeição. Fazer exercício físico também é primordial, sem ele é sim perigoso você começar a engordar. O whey jamais deve ser visto como única forma para perder peso, ele deve ser sempre um complemento para outros hábitos saudáveis, como a dieta balanceada e o exercício.

WHEY PROTEIN PARA INTOLERANTES A LACTOSE

14 - Qual a melhor opção de whey para pessoas que tem intolerância a lactose?

É o whey que possui quase 100% de proteína. Esse tipo de whey praticamente não contém o açúcar do leite. Esse é um problema que atinge cada vez mais pessoas e existem três tipos de intolerância: a congênita,  aquela que você nasce com ela;  a decorrente de alguma patologia; e deficiência primária, condição em que se tem redução da lactase com o passar da idade.

O whey isolado hidrolisado, apesar de ser mais caro, é a melhor opção para quem tem esse tipo de problema, pois o processo pelo qual o produto passa elimina quase que totalmente a lactose. Esse é o tipo recomendado para pessoas que sentem desconfortos gástricos quando consomem derivados do leite. Mas é importante sempre  conferir o rótulo do produto para garantir que não haja a presença desse composto no suplemento que você pretende adquirir.

Se você não tem certeza se possui intolerância a lactose, é importante ficar atento a alguns fatores. Geralmente quando o intolerante consome lactose, alguns sintomas só melhoram quando o corpo faz a digestão completa. Entre esses sintomas estão: cólicas, gases, diarreia, inchaço abdominal. Caso haja alguma suspeita, o melhor é procurar um médico imediatamente, pois altas doses de alimentos que contenham lactose podem trazer sérias complicações.

RISCOS DO CONSUMO DE WHEY PROTEIN

15 - Há riscos em consumir o whey protein?

''O Whey utilizado de forma adequada, prescrito por um nutricionista, não há dúvidas que ele pode sim trazer muitos benefícios. No entanto o consumo sem orientação e exacerbado pode trazer sérios riscos à saúde, podendo sobrecarregar e comprometer o funcionamento do fígado e dos rins. A proteína consumida em excesso, além do que o corpo consegue metabolizar, deverá ser excretada pelos rins. Essa demanda aumentada da excreção faz que os rins sejam obrigados a trabalhar mais, o que a longo prazo pode causar insuficiência e cálculo renal. Especialistas alertam que há grande expectativa que dentro de 10 a 15 anos comecem surtos de doenças renais, devido ao uso abusivo de proteínas acelerarem nefropatias. Há também vários estudos sugerindo que dietas ricas em proteínas aumentam o risco de câncer e de doenças cardiovasculares'',  alerta a Dra. Déborah.

Outras complicações por causa da ingestão de whey tem como sintomas problemas digestivos, como gases, inchaço, dores de cabeça, cãibras e fadiga. Esses problemas não representam risco a vida, mas podem ser bem desconfortáveis. A causa de qualquer um desses sintomas geralmente é a lactose ou o adoçante que podem causar a má digestão. Quem possui problema renal, hepático, no fígado ou de coração, a melhor saída é consultar um médico antes de começar a tomar o suplemento e ter um acompanhamento sério. Se usado sem a indicação correta, esses órgãos podem ficar comprometidos por um sobrecarregamento. O mesmo vale para diabéticos e intolerantes a lactose.

16 - Existe alguma substância que pode ter em algumas marcas que é melhor evitar?

Segundo a Dra. Déborah ''Muitos desses produtos contêm edulcorantes (adoçantes) na sua composição. Essa adição de adoçantes pode aumentar a captação de glicose tardia, favorecendo o ganho de peso, aumentar o desejo por doces e causar alterações na tireoide. Estudos também demonstram que os adoçantes estão relacionados com mutação gênica e com o aparecimento de cânceres''.

17 - Qual a quantidade máxima de sódio que deve ser ingerida diariamente (visto que alguns wheys detêm de quantidade significativa de sódio)?

“Para adultos saudáveis, a recomendação diária de sódio é de 1,5g. O limite de consumo diário tolerável de ingestão continuada sem que coloque a saúde em risco é de 2,3g, este valor não se aplica para indivíduos hipertensos. Então é sempre importante olhar a quantidade de sódio presente nas marcas antes de adquirir o produto”, recomenda a Dra Déborah.

18 - O consumo de Whey protein pode causar espinhas?

“Não existem evidências científicas que comprovem a relação entre o consumo isolado de whey e o surgimento de espinhas. Porém como a acne é uma doença de caráter inflamatório, alguns whey apresentam traços de lactose em sua composição que pode desencadear reações alérgicas ou inflamatórias, o surgimento de acne pode ser uma reação do seu corpo à lactose. Se você tiver sensibilidade à lactose, pode optar por versões isoladas ou hidrolisadas, que possuem ínfimas porcentagens de lactose, ou consumir outros suplementos proteicos à base de ervilha, arroz ou proteína da carne”, orienta a nutricionista Déborah.

19 - Quem não deve consumir whey?

Ainda segundo a nutricionista, ''Quem pretender consumir o whey, deve primeiramente passar por um médico para fazer alguns exames e para saber como está a função renal. O que acontece é que muitos usam o suplemento sem saber se de fato precisam dele, qual a quantidade ideal para o seu organismo e se possuem condições de saúde para suportar esse aporte proteico''.

20 - Quais são os melhores fabricantes de whey?

Fazer uma boa pesquisa antes de adquirir o produto é essencial. Uma coisa é certa, nem sempre os produtos mais caros são os melhores. Por isso, antes de comprar procure a opinião de quem já consumiu o suplemento, vá ao médico e peça dicas para profissionais da área de nutrição e esporte.

E como já dissemos acima é preciso sempre levar em consideração o seu objetivo e o seu organismo,  pois o que pode ser bom para o seu amigo, pode não funcionar para você. Ler os rótulos de cada produtos é muito importante, só assim você conseguirá ver a diferença entre eles e ver o que é bom e ruim para você. Cheque se o whey em questão é aprovado pela ANVISA. Há algum tempo a agência proibiu o comércio de algumas marcas. Evite os suplementos que possuem farinha e açúcar em sua composição, isso diminui a qualidade e eficácia do produto.

Esperamos que esse super artigo tenha ajudado a esclarecer algumas das suas dúvidas e a nossa conversa continua aqui embaixo nos comentários!

Informações da Nutricionista Esportiva entrevistada: Dra. Déborah Pintian Mota

Graduada em Nutrição pela Universidade Paulista e Pós Graduada pela Universidade Estácio em Nutrição Clinica. Atua na área de nutrição clinica e esportiva.

Endereço: Av. Romeu Tórtima, 183. Barão Geraldo - Campinas/SP

Telefone: (19) 3289-9666

Site: deborahpintianmota.com.br



FIQUE POR DENTRO
Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog! (sem spam, palavra de escoteiro)

Lojas mencionadas nesse post

Nenhum resultado encontrado.

Relacionados


Cashola Facebook

Popular

filmes para ver em casa
Os melhores filmes para assistir online pelo Youtube
amigo secreto e presentes
7 maneiras diferentes para brincar de amigo secreto
presentes amigo da onça
Presentes de amigo da onça para 25 tipos de amigos